SEGUE PARA O MUSEU DE ALVALADE A 9ª SUPERTAÇA CÂNDIDO DE OLIVEIRA

Por Mário Jesus

créditos: SAPO Desporto

Realizou-se ao inicio da noite, do dia 31 de Julho de 2021, no Estádio Municipal de Aveiro, a final da 43ª. Edição, da Supertaça Cândido de Oliveira, em homenagem a Cândido de Oliveira, que foi futebolista, treinador, chegando a ser seleccionador da equipa de futebol das “quinas”, jornalista desportivo e um dos fundadores do jornal “A Bola”.

PUB

Troféu que desde de 1979 se disputa todos os anos entre o campeão nacional de futebol e o vencedor da Taça de Portugal.

Subiram ao relvado da cidade de Aveiro, o Sporting Clube de Portugal e o Sporting Clube de Braga, que com a arbitragem do juiz da AF de Braga, João Pinheiro, apitou para o inicio desta final, como para o inicio da época de 2021/22.

Vitória do Sporting CP, sobre o Sporting C. Braga por 2-1, que conquistou assim a sua 9ª. Super taça Cândido de Oliveira.

Estas mesmas equipas já se tinham encontrado no ano de 1982, quando esta prova era ainda disputada a duas mãos, tendo o Sporting CP, ganho ao Sporting C. Braga, por 7-3 (agregado).

Nas 43 edições já disputadas desta prova, estão assim distribuídos os vencedores; FC Porto com 22 troféus; Sporting CP com 9; SL Benfica com 8; Boavista FC com 3 troféus e Vitória Sport Clube, com 1 troféu. Foram finalistas vencidos os seguintes emblemas; SL Benfica 13 vezes; FC Porto 9 vezes; SC Braga 4; Vitória Sport Club 3; Sporting CP e Vitória Futebol Clube 2 vezes cada; e Académica Coimbra; Beira-Mar; Boavista FC; Desportivo das Aves; Estrela Amadora; Leixões; “Os Belenenses”; Paços de Ferreira, Rio Ave e União de Leiria, uma vez cada.

MÁRIO DA SILVA JESUS

PUB

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Clique aqui para saber como são processados estes dados.