O fim do prestígio

Foto: Casa Real

Com a morte de Filipe Mountbatten, Duque de Edimburgo, ruiu o penúltimo pilar sólido da Família Real do Reino Unido da Grã Bretanha e Irlanda do Norte. Vai fazer falta à Commonwealth.

PUB

O último pilar, muito desgastado pelo tempo, é Isabel II.

Um verdadeiro aristocrata nem sabe que o é, nem tem real conciência de o ser. Outros chamam-lhe aristocrata. Os descendentes de Isabel e Filipe já deram provas de que não são “alinhados e vassalos” com a cultura e rigor de compromisso da casa Real.

Vêm aí tempos negros para os Windsor, com sucessores de sangue mas sem sucessores de facto.

Não vai acontecer uma revolução que mude o regime, Vai acontecer que o próximo King of England já vai ser coroado com um défice de prestígio, não tem ninguém à volta que recupere o prestígio da Casa, perde prestígio diante o Povo e do Establishment.

O que sempre alimentou os Windsor, foi o prestígio.

José M. Barbosa.

PUB

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Clique aqui para saber como são processados estes dados.