Partilhe
A CORRIDA DAS VINDIMAS EM ALMEIRIM, A RTP E O COVID-19

A CORRIDA DAS VINDIMAS EM ALMEIRIM, A RTP E O COVID-19

Decerto que esta opinião, que, vale o que vale, não fazia“quiçá” sentido, se eu gostasse de ver espectáculos de barbaridades, como sãoas toiradas, e opinava, claro de uma outra maneira. As touradas ou corridas detouros, uns afirmam que é arte, outros defendem que é cultura, para mim, nem éuma coisa nem outra. Mas, gostos, cores e opiniões, não há discussão possível,cada um que defenda a sua “dama”, conforme os seus interesses. Portanto, queroantes de mais assumir publicamente que não sou aficionado, de tais corridas, debarbaridades tauromáquicas.Realizou-se na passada sexta-feira, dia 11 de Setembro de2020, na Arena de Almeirim, a Corrida das Vindimas, naquela cidade do Ribatejo,reconhecida pela, sopa da pedra, as caralhotas de Almeirim, e o melão, comtransmissão em directo, através do canal 1 da RTP. Talvez pela reconhecidaignorância do autor destas linhas, estava longe de imaginar que ia passar nopequeno ecrã, tourada em directo, e como estava ligado, naquele canal, fiqueientão surpreso, por acontecer tal transmissão em directo, feito pelo canalpúblico, isto é, o canal que é subsidiado com os impostos de todos oscontribuintes portugueses.Depois, porque fiquei “chocado”, em virtude de na praça,onde se desenrolou aquele acontecimento cultural? Haver público a assistir,incluindo jovenzinhos, que àquela hora, decerto deviam estar na cama, e com umoutro e grande problema que tem sido a pandemia do COVID-19. Em quepraticamente, não se tem realizado concertos de música, espectáculos de teatro,e jogos de futebol, por ordem emanadas pela Direcção-Geral da Saúde, com apresença de público, para, comoé óbvio salvaguardar a saúde pública e evitaros ajuntamentos, tudo muito bem, em defesa de todos.Mas, na realidade e para espanto deste ignorante, estavalonge de imaginar que os espectáculos de tauromaquia, podiam ter público aassistir. Lá está a minha ignorância neste tipo de assuntos.

MÁRIO DA SILVA JESUS

Comentar